Quando conhecemos a nossa missão torna-se mais fácil tomar decisões

Quando conhecemos a nossa missão torna-se mais fácil tomar decisões pois quando tudo aquilo que decidimos fazer está alinhado com o nosso “porquê” as nossas práticas ajudam-nos a seguir um caminho de crescimento. Recordo que a nossa missão é o porque de fazermos o que fazemos e o porque de fazermos as coisas como fazemos.

Tendemos a avaliar constantemente o que os outros fazem, a participar em conferências, formações em ler livros e falamos com pessoas para obter conselhos. A questão é que coisas que funcionam para uma determinada pessoa podem não funcionar para outra. Porque? Porque as pessoas movem-se por ideais diferentes.

Na verdade não há nada de errado em ir buscar inspiração a outras pessoas desde que haja um filtro claro daquilo que está alinhado com a própria pessoa.

Por exemplo, num grupo de amigos discute-se a resolução de um desafio de uma pessoa que se sente cansada e sem energia:

O primeiro amigo aconselha essa pessoa a comer snickers pois quando acontece com ele sempre que come um chocolate fica cheio de energia.

O segundo amigo aconselha a pessoa a beber café e se considerar coca-cola para que essa pessoa possa ganhar energia nesse momento.

O terceiro amigo aconselha a pessoa a tomar um balho de água fria, dá dicas para ter um sono reparador e para conseguir repor energia através da respiração.

O quarto amigo aconselha a pessoa a ter uma alimentação equilibrada comendo alimentos que fornecem energia mas muito saudáveis bananas, furtos secos…

Se a pessoa que está a receber conselhos não conhece a sua missão ela vai ter desafios em decidir o que fazer ou investir o seu tempo, dinheiro e energia em todas as possibilidades, correndo o risco de que determinadas possibilidades não resolvam e até piorem a sua situação.

Por outro lado, se a pessoa tiver a clareza de qual é a sua missão de quais são os seus valores e aquilo em que acredita ela vai tomar mais facilmente uma decisão acertada. Se por exemplo essa pessoa acredita num estilo de vida saudável e naturalista sabe que à partida as 2 primeiras possibilidades estão desalinhadas com aquilo que ela pretende atingir. Torna-se muito mais fácil decidir onde investir os esforços, o dinheiro e o tempo com muita mais probabilidade de obter resultados relevantes de encontro ao que a pessoa pretende.

Este é um exemplo de tomada de decisão muito simples mas espelha muitas outras decisões mais complexas que podem surgir.

Dia 09 de Outubro iniciamos a nossa jornada transformacional em grupo para tornar claro aquilo que é importante na tua vida.

Ainda podes inscrever-te: (Re)encontra-te Conhece e Vive a tua missão https://saravilabril.com/conheceviveatuamissao/

Se por outro preferes avançar com um percurso de desenvolvimento pessoal com um acompanhamento personalizado podes saber mais aqui: https://saravilabril.com/coaching-transformacional/

Artigos Relacionados:

A tua missão pode estar escondida

A história que contas sobre ti condiciona-te

Como optimizar a liderança da nossa vida a partir da raiz

Como estar de volta ao trabalho em Plenitude e realização?… Pós férias!…

Como aumentares a coragem na tua vida? 

Queres mudar a tua realidade profissional e não sabes por onde começar?

Já alguma vez te sentiste marioneta da sociedade? Marioneta da tua empresa?

fatores que impedem a tua criatividade

Ferramenta fundamental para criação de uma estratégia que precisas mesmo de conhecer

coisas que precisas de saber sobre as decisões que tomas

atitudes de pessoas profissionalmente bem sucedidas

4 fases essenciais para superar o medo e tornar os teus sonhos realidade

3 coisas que te apoiam a dirigir a tua atenção e ação para aquilo que importa

Leave a Comment

Contactar
Fale diretamente comigo
Olá.
Podemos ajudar?